Encontre o seu veículo:

Vantagens e desvantagens do estepe temporário

O estepe temporário surgiu como uma solução estratégica das montadoras. Menor e mais leve do que o conjunto de pneus original, ele ocupa menos espaço no porta-malas e também é mais fácil de ser manuseado.

Há quem seja favorável à adoção desse tipo de estepe nos modelos comercializados no Brasil. Porém, também tem quem não goste muito desse tipo de pneu em função da sua qualidade inferior, que poderia superar seus benefícios.

Como muitos modelos de carro vêm com o estepe temporário, preparamos este artigo para apresentar quais são as vantagens e desvantagens que ele oferece. Continue lendo e veja se realmente vale a pena ter esse recurso em seu veículo.

Vantagens do estepe temporário

É fato que todo carro precisa ter um estepe, afinal, a gente nunca sabe quando precisará dele. Então, para não ficar na estrada por causa de um furo, é preciso ter essa roda extra. Apesar de o pneu estepe temporário ser bem diferente das rodas originais, ele tem as suas vantagens. Veja!

 

Ocupa menos espaço no porta-malas

O estepe temporário tem cerca de 11,5 a 13,5 milímetros. Ou seja, uma diferença expressiva para a maioria dos pneus que rodam por aí, já que eles têm cerca de 16,5 a 25,5 milímetros. Mas é justamente essa diferença de tamanho que apresenta vantagens.

Por ser menor, o estepe temporário não ocupa muito espaço no porta-malas. Afinal, dependendo do caso, conseguimos ganhar até 12 cm de altura, o que garantiria cerca de 40 litros a mais para você carregar o que quiser, e não o pneu!

 

É mais leve

Um pneu com roda de aço com 15 polegadas pode chegar a 20 kg, enquanto um pneu estepe temporário para um conjunto como esse tem entre 10 e 13 Kg. Uma grande diferença de peso, não é mesmo?

Além de ser uma “bagagem” a menos para o seu carro carregar, esses quilos economizados fazem toda a diferença na hora de manusear o estepe. Afinal, estamos falando de uma redução de 7 a 10 kg, o que pesa bastante quando precisamos segurar o pneu para fazer a troca.

 

Desvantagens do estepe temporário

Como toda moeda tem dois lados, é claro que o estepe temporário tem as suas desvantagens. Justamente por isso ele precisa ser utilizado somente em casos de emergência. Sua configuração é muito diferente dos pneus originais, portanto, não deve ser utilizado no dia a dia. Veja a seguir quais são os contras desse tipo de pneu.

 

Qualidade inferior

A recomendação é não rodar com o estepe temporário por mais de 80 km. Além disso, deve-se manter no máximo a 80 km por hora. Desrespeitar essas instruções pode fazer com que a borracha do estepe se desgaste rapidamente com o risco de ele ficar sem banda ou estourar.

Sendo assim, esse pneu serve apenas para você conseguir levar o carro até um borracheiro ou parar em local seguro. Não deve ficar no veículo por dias e, muito menos, ser utilizado para finalizar a sua viagem.

 

Menor segurança

Conforme explicamos, o estepe temporário é bem mais fino do que os pneus originais, então, a aderência dele é menor, o que reduz a tração e pode causar instabilidade no veículo. Além disso, dificulta a frenagem por causa da menor área de contato com o solo.

Quando o carro está com esse pneu, é fundamental que o motorista dirija com muita cautela. Deve evitar manobras perigosas, manter uma velocidade baixa e, o mais depressa possível, reparar a roda original e recolocá-la.

 

Maior chance de furto

Muitas pessoas acreditam que o pneu fino presente no estepe temporário é menos visado por não aproveitar o pneu e a roda em solo. Porém, esse tipo pneu é importado e a fábrica não possui reposição, formentando ainda mais o furto e tornando esse estepe mais visado do que o convencional.

Por sua vez, quando o estepe é roubado, não é possível colocar uma roda comum no lugar, pois não tem espaço no porta-malas. Assim, o proprietário recorre à concessionária, se caso não tenha esse tipo de pneu disponível, o tempo estimado para a espera de um novo é de 90 dias. Pelas normas previstas na lei do Código de Trânsito Brasileiro, é obrigatório ter no veículo o estepe, levando o proprietário do veículo a comprar outro estepe no mercado negro, que geralmente foi roubado.

O estepe temporário é uma boa alternativa porque ele ocupa menos espaço e é mais fácil de manusear. Porém, é preciso estar ciente de que é somente um “quebra galho” para você chegar a uma borracharia. Dirigindo com cuidado não haverá problemas, mas não se esqueça de que esse pneu exige mais atenção, pois ele dura bem menos que os demais.